Posts tagged ‘show’

Como entrevistar seu ídolo?

Bandeira do Brasil.Coluna PLAYLIST (Jornal O Povo), do dia 06/12/2012. Veja na pág. 9: http://migre.me/56IkW

Lembro que fiquei bastante preocupado. “Entrevista com Marcelo Camelo”, era o título da minha pauta. Eu era fã do Los Hermanos, acompanhava a banda, tinha todos os discos. Mas também sabia que o Camelo era difícil de entrevistar. Camelo-150Ele sempre parecia tratar os jornalistas com desconfiança. Às vezes com uma atitude blasé, indiferente. Uma das entrevistas mais hilárias que vi com ele, aconteceu justo no Ceará Music. A coitada da repórter entrou num flash ao vivo… Sem noção, deu várias mancadas seguidas e Camelo não perdoou nas respostas do tipo “patada” (com estilo)! O vídeo virou febre na internet… (Assista no link abaixo)

[http://www.youtube.com/watch?v=Y9RxXJ85_8Y]

Fiquei ainda mais apreensivo quando soube das dificuldades na marcação da entrevista. Ele não atenderia absolutamente ninguém da imprensa! Abriu uma exceção pra gente porque o diretor do nosso programa tinha uma certa “influência”. Ele conhecia alguém que era primo do amigo do cunhado de um fulano que trabalhava na produção do Camelo… Enfim, coloquei meus CDs dos Hermanos na bolsa e fui pro show, pensativo. Claro que eu não poderia mencionar que era fã. Pedir autógrafo nem pensar! Aprendi que jornalista tem que ser imparcial, neutro! As dúvidas e o nervosismo se misturavam… Mas tinha que cumprir a missão.

Marcelo-Camelo-150Era o segundo show solo de Marcelo Camelo aqui em Fortaleza, no antigo cine São Luiz. Tirando o calor que fazia lá dentro, a apresentação foi perfeita! Ele tocou todas as músicas do então recém-lançado “Sou” (2008) e vários clássicos dos Hermanos. Lá pelas tantas, a Mallu Magalhães subiu ao palco e fez uma participação linda. Passional! O público, como sempre, delirava! Cantamos todas as músicas com devoção.

Show encerrado, fomos até o camarim. Dezenas de fãs já se amontoavam na entrada. A câmera foi abrindo espaço e conseguimos passar rapidamente. Lá dentro, uma sala enorme e confortável, uma mesa farta de comida e bebida. Camelo, Mallu e os músicos do Hurtmold estavam eufóricos, realmente satisfeitos com o show. Então preferi não atrapalhar e esperar o momento certo. Havia uma salinha reservada, separada por uma grande vidraça. Fomos pra lá. Pedi ao cinegrafista que ele deixasse tudo preparado, ajustasse luz e câmera. Quando peguei meu bloquinho pra revisar as perguntas, Camelo entrou na sala de repente. Susto! Olhei sem saber o que dizer. Ainda bem que ele foi logo perguntando: vocês querem fazer a entrevista agora? Rebati com um: pode ser?!

A entrevista aconteceu de uma maneira completamente inesperada. Minha estratégia: fazer primeiro as 3 perguntas que eu considerava mais importantes pra matéria. Afinal, eu precisava garantir meu VT e não queria importunar. Tentei disfarçar o nervosismo e esquecer que era fã. Começamos! Camelo foi “surpreendentemente” gentil. Sorridente, respondeu as 3 perguntas com eloquência e sem polemizar. Quando dei a entrevista por encerrada, ele disse: só?! Então, resolvi continuar. Estiquei… Ficamos uns 15 minutos conversando. Um papo que fluía naturalmente… Talvez ele tenha percebido que eu era um fã. Sei lá. Mas claro que não mencionei isso. Não podia macular minha credibilidade jornalística! Rsrs. Quando estávamos indo embora, tive coragem. Tirei os CDs da bolsa e pedi que autografasse. Ele disse: claro! É pra você? Respondi: Não, é pro meu primo, o nome dele é: Fábio! Missão cumprida.

[+] Serviço: Marcelo Camelo toca hoje (06/12), às 20h, no anfiteatro do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura. Informações: (85) 3021-7186.

[Fábio Monteiro]

Resumo: Ĉi tiuj tekstoj estas el “Playlist”, kiu estas rubriko de ĵurnalo “O Povo”, publikigita ĉiuĵaŭde kaj skribita de mi. Ĉi tiu ĵurnalo estas tre grava en mia urbo. La tekstoj ĉiam temas pri la muzika mondo.

Summary: These texts were removed from the “Playlist” column that is written by me and published every Thursday in the newspaper “O Povo” – a great newspaper in my town. The texts always talk about the music world.

Resumen: Estos textos fueron retirados del “Playlist”, que es un artículo escrito por mí y publicado todos los jueves en el periódico “O Povo” – un diario tradicional de mi ciudad. Los textos se refieren siempre al mundo de la música.

06/12/2012 at 11:46 1 comentário

Tulipa finalmente em Fortaleza

Bandeira do Brasil.Coluna PLAYLIST (Jornal O Povo), do dia 22/11/2012. Veja na pág. 9: http://migre.me/56IkW

Lembro que baixei o 1º disco de Tulipa Ruiz, “Efêmera” (2010), meio de supetão, no comecinho do ano passado. A revista Rolling Stone tinha acabado de publicar sua lista de “melhores discos de 2010” e, pra surpresa de muita gente (inclusive minha!), lá estava o disco dela na primeiríssima posição da lista. Fiquei meio embasbacado porque mal tinha ouvido falar da Tulipa até então… Corri pra internet, tratei de baixar o CD e, alguns minutos depois, já havia virado fã daquela voz doce, estranha e forte!

Desde então, passei a acompanhar as notícias sobre ela, aguardando ansiosamente o anúncio de um show nas redondezas… Nesse meio tempo, li e ouvi muito sobre essa “grande promessa da nova geração da MPB” (é assim que a imprensa gosta de rotulá-la…). Muitos elogios da crítica especializada, prêmios, shows fora do Brasil, música em novela etc etc etc. O fato é que em apenas dois anos, ela deixou aquele status de “promessa” e hoje podemos falar – sem gaguejar – que Tulipa Ruiz é sim um dos maiores nomes da música brasileira contemporânea! E, sendo assim, o primeiro show dela em Fortaleza é um acontecimento imperdível para os amantes da boa música.

Pelo que andei sondando, o show tem aproximadamente 90 minutos de duração. A maioria das canções são tranquilas, boas para fruir confortavelmente sentado, e por isso o BNB parece um lugar bastante adequado já que sempre há muitas cadeiras e meses disponíveis diante do palco. Tulipa canta praticamente todas as faixas do segundo e mais recente disco, “Tudo Tanto”, e as canções mais legais do primeiro CD. Um detalhe interessante é que no palco, a cantora é acompanhada pelos guitarristas Gustavo Ruiz e Luiz Chagas, respectivamente, o irmão e o pai da moça, além do baixista Marcio Arantes, do baterista Caio Lopes, e de um quarteto de cordas e sopro.

[+] Serviço:
Projeto BNB Clube de Cultura apresenta Tulipa Ruiz, no próximo sábado (dia 24/11), às 21h, no BNB Club sede Aldeota. Show de abertura: Paula Tesser. Mais informações: 4006-7200 e 4006-7203.


Quem é Tulipa Ruiz?

Tulipa-Ruiz-200

#TulipaRuiz

Tem 34 anos. Nasceu em Santos (SP), mas cresceu em São Lourenço (interior de Minas). É filha de Luiz Chagas, jornalista cultural e guitarrista da histórica banda Isca de Polícia de Itamar Assumpcão. Na adolescência, teve um programa de rádio, trabalhou numa loja de discos, cantou em coral e estudou canto lírico por 5 anos. Aos 20 e poucos, mudou-se para São Paulo para estudar Comunicação e Multimeios na PUC. Trabalhou alguns anos como ilustradora e redatora. É fã de Robert Crumb, Manoel de Barros, Joni Mitchell e Yoko Ono. Até os 30 anos, cantar era apenas um hobby…


Tudo tanto
Esse é o título do segundo disco de Tulipa, lançado no último mês de julho. Achei ainda melhor que o primeiro! Totalmente autoral, são 11 faixas, com produção de Gustavo Ruiz, que é o irmão dela. Há participações de Lulu Santos e Criolo. O disco foi gravado e está sendo comercializado de maneira independente. Certamente, estará a venda no show.


Baixe agora!
Os dois discos de Tulipa Ruiz estão disponíveis gratuitamente na íntegra (inclusive com capa e encarte!) para download no site oficial da cantora. A ideia é aquela de sempre: facilitar as coisas para que o máximo de pessoas tenha acesso ao CD. Aquelas que gostarem vão pagar ingressos pra ver o show. Bom, este será o meu programa pro sábado à noite… Recomendo o download!
[+] tuliparuiz.com

[Fábio Monteiro]

Resumo: Ĉi tiuj tekstoj estas el “Playlist”, kiu estas rubriko de ĵurnalo “O Povo”, publikigita ĉiuĵaŭde kaj skribita de mi. Ĉi tiu ĵurnalo estas tre grava en mia urbo. La tekstoj ĉiam temas pri la muzika mondo.

Summary: These texts were removed from the “Playlist” column that is written by me and published every Thursday in the newspaper “O Povo” – a great newspaper in my town. The texts always talk about the music world.

Resumen: Estos textos fueron retirados del “Playlist”, que es un artículo escrito por mí y publicado todos los jueves en el periódico “O Povo” – un diario tradicional de mi ciudad. Los textos se refieren siempre al mundo de la música.

22/11/2012 at 22:47 Deixe um comentário

The dream is NOT over!

Bandeira do Brasil.Coluna PLAYLIST (Jornal O Povo), do dia 16/08/2012. Veja na pág. 9: http://migre.me/56IkW

Se você é um beatlemaníaco “xiita” (assim como este intrépido colunista) certamente vai dizer: “os Beatles são absolutamente i-ni-mi-tá-veis! Qualquer tentativa de cover sempre será frustrada!”. Apesar desse tipo de opinião ser bastante frequente entre os fãs dos Fab Four, temos que admitir que existem algumas (poucas!) bandas cover no mundo que conseguem atingir resultados bastante dignos. Uma delas vai se apresentar amanhã aqui em Fortaleza, são os paulistas da All You Need Is Love (AYNIL).

O grupo se autodenomina como “o maior espetáculo Beatle do mundo”, o que é certamente um exagero publicitário, que eu acho bastante pretensioso… No entanto, o que posso dizer – com certeza – é que quem nunca viu os Beatles ao vivo (lembrando que eles jamais tocaram no Brasil) vai poder ter uma noção aproximada de como a banda funcionava no palco. E isso já é incrível por si só! E, sim, vale o ingresso! Se você é fã mesmo, vai se arrepiar, se emocionar e talvez até chegue às lágrimas durante a execução da sua música preferida. A performance dos caras da AYNIL realmente é muito convincente!

Os músicos: Cesar Kiles (Paul), Renato Almeida (Ringo), Thomas Arques (George) e Sandro Peretto (John).

Os músicos: Cesar Kiles (Paul), Renato Almeida (Ringo), Thomas Arques (George) e Sandro Peretto (John).

Pra atingir esse grau de “quase” perfeição, o quarteto paulista utiliza alguns truques bem bacanas. Primeiramente, eles usam dezenas de instrumentos vintage, exatamente das mesmas marcas e modelos que os Beatles usavam em shows e em gravações. A isso, somamos a ótima técnica dos músicos, o esforço de tocar os arranjos originais das canções, e a impostação vocal sempre muito próxima daquelas vozes que a gente se acostumou a ouvir nos discos. Musicalmente falando, eles tocam exatamente “em cima” daquilo que os Beatles deixaram registrado!

Visualmente, o espetáculo também é bem interessante. A cenografia e os figurinos são impecáveis, e vão se modificando durante o show de acordo com a evolução do repertório. Os músicos chegam até a imitar alguns trejeitos e travam pequenos diálogos em inglês para proporcionar ao público a sensação mais próxima possível de estar diante do quarteto de Liverpool. Pra se ter uma noção do perfeccionismo da AYNIL, o baixista César Kiles, que é destro, reaprendeu a tocar seu instrumento ao contrário para interpretar Paul McCartney. Loucura, não?!

Bom, mesmo sendo meio “xiita” em relação a bandas cover, só sei de uma coisa: amanhã vou abrir uma exceção! Sempre quis me sentir naquele emblemático ano de 1968, o famigerado “ano das revoluções”… Acho que vai dar pra captar ao menos um pouquinho das vibrações daquela época quando a AYNIL tocar “Revolution”… \o/

“You say you want a revolution
Well, you know
We all want to change the world”
(Lennon-McCartney) 


[+] Serviço:
All You Need Is Love: Amanhã (17/08), na Praça Verde do Centro Dragão do Mar. Banda de abertura: Renegados. Informações: www.deentretenimento.com.br

[Fábio Monteiro]

Resumo: Ĉi tiuj tekstoj estas el “Playlist”, kiu estas rubriko de ĵurnalo “O Povo”, publikigita ĉiuĵaŭde kaj skribita de mi. Ĉi tiu ĵurnalo estas tre grava en mia urbo. La tekstoj ĉiam temas pri la muzika mondo.

Summary: These texts were removed from the “Playlist” column that is written by me and published every Thursday in the newspaper “O Povo” – a great newspaper in my town. The texts always talk about the music world.

Resumen: Estos textos fueron retirados del “Playlist”, que es un artículo escrito por mí y publicado todos los jueves en el periódico “O Povo” – un diario tradicional de mi ciudad. Los textos se refieren siempre al mundo de la música.

16/08/2012 at 0:01 Deixe um comentário

E tome vaia!!!

Bandeira do Brasil.Coluna PLAYLIST (Jornal O Povo), do dia 19/07/2012. Veja na pág. 9: http://migre.me/56IkW

Tome-Vaia!Fiquei totalmente embasbacado com o que aconteceu sábado passado no Anfiteatro Flávio Ponte, na Volta da Jurema. Falta de respeito! Uma das bandas mais legais que Fortaleza já produziu – O Jardim das Horas – estava tocando há mais ou menos 25 minutos quando subitamente a vocalista, Laya Lopes, anunciou: “gente, acabaram de me informar aqui que nosso tempo já acabou! Então, nós vamos fazer a última música…”. Todo mundo se entreolhou com cara de “como assim?!”.

O show mal tinha começado, as pessoas ainda estavam chegando, entrando no clima dançante da banda e aí eles se despedem e vão embora? Hãn?! Logo em seguida, o palco começou a ser modificado rapidamente e o apresentador do evento apareceu explicando que, infelizmente, o show teve de ser interrompido porque aconteceria um outro evento, que tinha que começar imediatamente: uma espécie de pré-Halleluya! Putz!!! Advinha aí qual foi a reação imediata da plateia: Yyyuuuuuuuuhhhh… Uma vaia es-tron-do-sa!!!

Assim que as coisas se acalmaram, conversei com a Laya que, resignada, disse: “Nossa, isso foi muito chato porque a gente tava morrendo de saudade de tocar aqui na nossa cidade e muita gente, amigos, fãs vieram assistir… Nós preparamos um show diferente, com mais de uma hora de duração, várias participações especiais, músicas novas e tudo… Não sei o que aconteceu, talvez um problema de comunicação entre as pessoas que agendam os eventos daqui”.

Talvez tenha sido só um “vacilo” mesmo… Porque, na minha modesta opinião, o projeto Retratos do Vento tem uma proposta muitíssimo interessante e uma programação que quase sempre me faz ir até lá. Pelo que apurei, esse tipo de problema nunca tinha acontecido antes, no entanto, de qualquer maneira foi feio! Desrespeito total com os artistas e com o público também! Acho que seria uma atitude bastante digna se a Secultfor (Secretaria de Cultura de Fortaleza), organizadora do evento, remarcasse o show e, pra compensar, fizesse uma divulgação ainda melhor do que a que foi feita… #FicaDica


Daniel Peixoto ganha Dynamite

Rolou nesse fim de semana, em Sampa, a entrega de um dos prêmios mais importantes da cena musical alternativa brasileira: o Prêmio Dynamite de Música Independente! Advinha quem levou o trofeu de melhor disco de musica eletronica 2011/2012??? Sim, o cearense Daniel Peixoto!!! Viva!!! Se você ainda não ouviu o disco, jogue no Google: “Mastigando Humanos”, esse é o título do CD. Vale a pena.

[+] premiodynamite.com.br


Dias 20 e 21 de julho, no Anfiteatro do Dragão do Mar.

Dias 20 e 21 de julho, no Anfiteatro do Dragão do Mar.

Quem vai atrás do Trio Elétrico?
É completamente desnecessário informar que a música baiana não reinará absoluta neste fim de semana aqui em Fortaleza… Afinal de contas, o ForCaos chega a sua 14ª edição com o vigor de sempre! 20 bandas de rock pesado tocando a preços módicos no Anfiteatro do Dragão. No headline: Headhunter DC (BA), Unearthly (RJ), Infested Blood (PE) e Sinnsyk (BA). Vale a pena 2!
[+] facebook.com/FanForCaos

[Fábio Monteiro]

Resumo: Ĉi tiuj tekstoj estas el “Playlist”, kiu estas rubriko de ĵurnalo “O Povo”, publikigita ĉiuĵaŭde kaj skribita de mi. Ĉi tiu ĵurnalo estas tre grava en mia urbo. La tekstoj ĉiam temas pri la muzika mondo.

Summary: These texts were removed from the “Playlist” column that is written by me and published every Thursday in the newspaper “O Povo” – a great newspaper in my town. The texts always talk about the music world.

Resumen: Estos textos fueron retirados del “Playlist”, que es un artículo escrito por mí y publicado todos los jueves en el periódico “O Povo” – un diario tradicional de mi ciudad. Los textos se refieren siempre al mundo de la música.

19/07/2012 at 0:01 1 comentário

Encontro com o mestre!

Bandeira do Brasil.Coluna PLAYLIST (Jornal O Povo), do dia 05/07/2012. Veja na pág. 9: http://migre.me/56IkW

Playlist-NigrooverDepois de 5 anos de estrada, dezenas de shows dentro e fora de Fortaleza, reconhecimento do público e da imprensa – finalmente – chegou o grande dia para a banda cearense Nigroover! “Sem dúvida, sábado nós vamos fazer o show mais importante da nossa carreira!”, ressaltou Níguer, o líder do grupo, quando perguntei sobre a expectativa para a próxima apresentação da Nigroover, que vai abrir o show do mestre Jorge Benjor neste fim de semana, na Biruta.

Níguer: a voz da Nigroover.

Níguer: a voz da Nigroover.

E olha que os caras da Nigroover já estão bastante acostumados a fazer esse tipo de “serviço”… Já abriram shows do Monobloco, Seu Jorge, Nando Reis, Sérgio Loroza, Biquini Cavadão etc. No entanto, o show do próximo sábado vai ter uma emoção diferente para os membros da banda… “Jorge Benjor é o pai desse tipo de som que nós fazemos hoje. Misturar o samba com elementos da cultura pop, fundindo funk e soul com as raízes da música brasileira. Ele é genial!”, destaca Níguer.

Quem for à Biruta, deve se preparar pra dançar muuuuuito! A Nigroover vai abrir a noite em um show de mais ou menos uma hora e meia de duração, com 20 canções no setlist. Seu Jorge, James Brown, Pedro Luis e A Parede e Tim Maia estão no repertório, além de versões samba-rock para Led Zeppelin, Blur, The Doors, Cake, Kool and The Gang etc. “A galera tem mania de comparar a gente ao Sambô, mas a gente já fazia essas versões muito antes dessa banda aparecer…”, explica Níguer. E, claro, as canções autorais da banda também serão apresentadas. Vale à pena chegar cedo na Biruta para aproveitar bem a noite…

[+] Serviço: Jorge Benjor na Barraca Biruta, no próximo sábado (07/07), às 22h. Abertura: Nigroover e Bateria Unidos da Cachorra. Informações:  9695-4949.


Dica do Níguer
“África Brasil” é um disco obrigatório para todo e qualquer ser humano que goste minimamente de música brasileira. Lançado em 1976, é o décimo quinto álbum de Jorge Benjor (na época ainda só “Ben”). O disco traz 11 faixas que se tornaram clássicos do chamado sambalanço, como: Umbabarauma, Taj mahal, Xica da Silva e Camisa 10 da Gávea. Ouça!


Álbum da Nigroover
O primeiro álbum da Nigroover deve ser lançado ainda neste ano. Pelo menos, é o que promete Níguer, vocal e guitarra da banda. Ele avisa que o disco já está pré-produzido, mas falta só um detalhe: gravar! “Por conta da vibe da banda, a gente quer gravar o CD ao vivo, tipo ao vivo no estúdio, porque nós queremos captar a energia da Nigroover no palco, como se fosse um show mesmo, é o nosso ponto forte”, explica. A data de lançamento do disco, no entanto, já está marcada na agenda: 15 de novembro.

[Fábio Monteiro]

Resumo: Ĉi tiuj tekstoj estas el “Playlist”, kiu estas rubriko de ĵurnalo “O Povo”, publikigita ĉiuĵaŭde kaj skribita de mi. Ĉi tiu ĵurnalo estas tre grava en mia urbo. La tekstoj ĉiam temas pri la muzika mondo.

Summary: These texts were removed from the “Playlist” column that is written by me and published every Thursday in the newspaper “O Povo” – a great newspaper in my town. The texts always talk about the music world.

Resumen: Estos textos fueron retirados del “Playlist”, que es un artículo escrito por mí y publicado todos los jueves en el periódico “O Povo” – un diario tradicional de mi ciudad. Los textos se refieren siempre al mundo de la música.

05/07/2012 at 0:01 Deixe um comentário


Languages

Clique sobre a foto e conheça o viajante: Fábio Monteiro.

O Blog

Um blog pra quem gosta de se aventurar pelo mundo. Dicas e relatos de viagem baseados em fatos reais.

Blogo por tiuj, kiuj ŝatas riski sin tra la mondo. Konsiloj kaj rakontoj pri vojaĝoj bazitaj sur realaj okazaĵoj.

A blog for those who like to venture into the world. Tips and travel accounts based on real events.

Un blog para aquellos que gustan de aventurarse en el mundo. Consejos y relatos de viajes basados en hechos reales.

1 de junho de 2016
Hora de viajar!
Clique aqui e assista ao programa!
on Facebook.
Follow me!
Veja fotos!
On Google.

• Digite seu endereço de e-mail abaixo para assinar este blog e receber notificações de novos posts por e-mail.

• Skribu sube vian ret-adreson por aboni ĉi tiun blogon kaj ricevi avizojn pri novaj blogaĵoj per ret-adreso.

• Enter your email address below to subscribe this blog and receive notifications of new posts by email.

• Introduzca su e-mail para suscribirse a este blog y recibir notificaciones de nuevos mensajes por correo electrónico.

Junte-se a 2.473 outros seguidores

Categorias

Tópicos recentes

Instagram

Viajante no Twitter

Spektu Esperantan Televidon.
Vidu mian profilon ĉe Pasporta Servo.

Posts deste mês

junho 2017
D S T Q Q S S
« jul    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  
Coluna Playlist - Jornal O Povo
Fabinho na TV.
Fabinho no rádio.

%d blogueiros gostam disto: