Archive for dezembro, 2012

Rock pra presente!

Bandeira do Brasil.Coluna PLAYLIST (Jornal O Povo), do dia 20/12/2012. Veja na pág. 5: http://migre.me/56IkW

Playlist-20-12-2012Seu “amigo secreto” é roqueiro? Pois, cuidado pra não dar de presente aquele “CD da moda” que todo mundo já baixou na internet! Como sempre, a indústria da música se mobilizou inteira pra fazer você gastar algum dinheiro… São milhões de produtos musicais que são colocados no mercado nessa época do ano. Boa parte é completamente descartável, mas óbvio que tem coisas bem legais também! Então, que tal comprar algo realmente bacana, com conteúdo consistente e uma pontinha de atitude? Pois, aí vão algumas dicas de presentes de natal pra quem curte rock n roll, baby…


Livro
Rock and Roll – Uma história social (Paul Friedlander)
Rock200O livro é muito bacana! Traça um panorama bem geral das três primeiras décadas de história do rock sem ignorar os detalhes interessantes. Partindo do berço do rhythm and blues, Elvis e do som negro da Motown, o autor revisita os ícones dos anos 60, os guitar heroes dos 70, o punk, para chegar à batida dos anos 80, relembrando a trajetória de um gênero musical que já atravessou cinco décadas de sucesso ininterrupto. O legal é que essa leitura desperta um desejo frenético de ouvir todos os álbuns e músicas citadas pelo autor… Se prepare pra fazer centenas de downloads! #Essencial.
*Preço médio: R$ 60,00.


CD
Box Legião Urbana
Legião200Os 8 álbuns de estúdio da Legião Urbana ganharam novas edições, criadas para agradar a colecionadores e fãs da banda mais emblemática do rock brasileiro. Os fonogramas originais foram remasterizados em Abbey Road, reeditados em versão luxo (em formato digipak) e voltaram às lojas com novos conteúdos editoriais. Os discos podem ser comprados separadamente, mas há também um Box especial com o material completo e ainda conteúdo extra. Todos os encartes originais foram mantidos e estendidos, com mais de 80 fotos inéditas e textos exclusivamente escritos para as novas versões.
*Preço médio (Box): R$ 350,00.


DVD
Bob Dylan – No Direction Home
BobDylan200Este DVD duplo conseguiu captar a alma de um dos mais pungentes compositores norte-americanos e ilumina com grande nitidez o período de 1961 a 1966, da carreira de Bob Dylan. O documentário, de 208 minutos, foi dirigido por Martin Scorsese e é – literalmente – um show de country, folk, blues, rock e rebeldia. Tem entrevistas com personalidades, com o próprio Dylan (claro!), imagens de arquivo fantásticas e muita música. Esta é, sem dúvida, uma das melhores biografias que o cinema já produziu. Ah, ainda tem oito apresentações de Dylan nos extras, algumas raras e que estavam inéditas… #Essencial2.
*Preço médio: R$ 40,00.


MODA
Camisa de Banda
Camisa200Tem uma porção de sites na internet que oferecem camisas de banda incríveis, com estampas que vão além das capas de disco e daquelas fotos superbatidas. No entanto, comprar roupa sem experimentar – pra mim – não rola… Sempre erro no tamanho! Então, a dica é dar uma passada na boa e velha Galeria do Rock de Fortaleza (sobreloja da Galeria Pedro Jorge), no Centro da Cidade. Lá você encontra camisas de tudo que é banda, além de outras peças de vestuário e muitos acessórios. Como são muitas lojas e opções de roupas, às vezes, é necessário paciência e tempo para “garimpar”.
*Preço médio: R$ 35,00.

[Fábio Monteiro]

Resumo: Ĉi tiuj tekstoj estas el “Playlist”, kiu estas rubriko de ĵurnalo “O Povo”, publikigita ĉiuĵaŭde kaj skribita de mi. Ĉi tiu ĵurnalo estas tre grava en mia urbo. La tekstoj ĉiam temas pri la muzika mondo.

Summary: These texts were removed from the “Playlist” column that is written by me and published every Thursday in the newspaper “O Povo” – a great newspaper in my town. The texts always talk about the music world.

Resumen: Estos textos fueron retirados del “Playlist”, que es un artículo escrito por mí y publicado todos los jueves en el periódico “O Povo” – un diario tradicional de mi ciudad. Los textos se refieren siempre al mundo de la música.

Anúncios

20/12/2012 at 12:24 Deixe um comentário

I’m going to be on sabbatical

England flag How is my work-life balance? What would I like to change?

I work at a radio station.

I work at a radio station.

Yes, nowadays I’m satisfied with my work-life balance. In fact it’s not perfect, but it’s ok. I can’t complain about it. I love my job, I’m a journalist and now my routine is very funny and without stress. However three or four years ago, my routine used to be too hard, but it’s not anymore. I work only 5 hours a day and I have time to do other things which I enjoy, like studying foreign languages and going out with my friends. Nevertheless there is only one big problem: the salary! Well, maybe it’s not too bad, I can pay all my bills and some change left over to buy beer… But actually it’s not the salary of my dreams yet.

My plan.

My plan.

So lately I have thought I would like to change something, but I don’t know how or what. Two weeks ago I read something on Internet which may help me: it was about “Sabbatical”. It means simply leaving your work and travelling around for some months. The goal is breaking the routine, taking a rest (of course!), having fun and mainly meditating on the life and job. Some companies and universities, chiefly in USA and Europe, have already offered their employees sabbaticals. According to researches, this kind of experience can bring positive results to the workplace. Nowadays it’s quite common to hear “I’m on sabbatical” when you ask a European backpacker “what are you doing?”.

Well, my plan is that I’ll become a backpacker in 2013, but before this I need to finish at least my English course… Maybe my work-life balance will be perfect after that.

[Fábio Monteiro]

Esperanta flago.Resumo: taksado kaj unuaj planoj por 2013.

Resumen: evaluación y planes iniciales para 2013.

Bandeira do Brasil.Resumo: avaliações e primeiros planos para 2013.

15/12/2012 at 13:56 Deixe um comentário

Como entrevistar seu ídolo?

Bandeira do Brasil.Coluna PLAYLIST (Jornal O Povo), do dia 06/12/2012. Veja na pág. 9: http://migre.me/56IkW

Lembro que fiquei bastante preocupado. “Entrevista com Marcelo Camelo”, era o título da minha pauta. Eu era fã do Los Hermanos, acompanhava a banda, tinha todos os discos. Mas também sabia que o Camelo era difícil de entrevistar. Camelo-150Ele sempre parecia tratar os jornalistas com desconfiança. Às vezes com uma atitude blasé, indiferente. Uma das entrevistas mais hilárias que vi com ele, aconteceu justo no Ceará Music. A coitada da repórter entrou num flash ao vivo… Sem noção, deu várias mancadas seguidas e Camelo não perdoou nas respostas do tipo “patada” (com estilo)! O vídeo virou febre na internet… (Assista no link abaixo)

[http://www.youtube.com/watch?v=Y9RxXJ85_8Y]

Fiquei ainda mais apreensivo quando soube das dificuldades na marcação da entrevista. Ele não atenderia absolutamente ninguém da imprensa! Abriu uma exceção pra gente porque o diretor do nosso programa tinha uma certa “influência”. Ele conhecia alguém que era primo do amigo do cunhado de um fulano que trabalhava na produção do Camelo… Enfim, coloquei meus CDs dos Hermanos na bolsa e fui pro show, pensativo. Claro que eu não poderia mencionar que era fã. Pedir autógrafo nem pensar! Aprendi que jornalista tem que ser imparcial, neutro! As dúvidas e o nervosismo se misturavam… Mas tinha que cumprir a missão.

Marcelo-Camelo-150Era o segundo show solo de Marcelo Camelo aqui em Fortaleza, no antigo cine São Luiz. Tirando o calor que fazia lá dentro, a apresentação foi perfeita! Ele tocou todas as músicas do então recém-lançado “Sou” (2008) e vários clássicos dos Hermanos. Lá pelas tantas, a Mallu Magalhães subiu ao palco e fez uma participação linda. Passional! O público, como sempre, delirava! Cantamos todas as músicas com devoção.

Show encerrado, fomos até o camarim. Dezenas de fãs já se amontoavam na entrada. A câmera foi abrindo espaço e conseguimos passar rapidamente. Lá dentro, uma sala enorme e confortável, uma mesa farta de comida e bebida. Camelo, Mallu e os músicos do Hurtmold estavam eufóricos, realmente satisfeitos com o show. Então preferi não atrapalhar e esperar o momento certo. Havia uma salinha reservada, separada por uma grande vidraça. Fomos pra lá. Pedi ao cinegrafista que ele deixasse tudo preparado, ajustasse luz e câmera. Quando peguei meu bloquinho pra revisar as perguntas, Camelo entrou na sala de repente. Susto! Olhei sem saber o que dizer. Ainda bem que ele foi logo perguntando: vocês querem fazer a entrevista agora? Rebati com um: pode ser?!

A entrevista aconteceu de uma maneira completamente inesperada. Minha estratégia: fazer primeiro as 3 perguntas que eu considerava mais importantes pra matéria. Afinal, eu precisava garantir meu VT e não queria importunar. Tentei disfarçar o nervosismo e esquecer que era fã. Começamos! Camelo foi “surpreendentemente” gentil. Sorridente, respondeu as 3 perguntas com eloquência e sem polemizar. Quando dei a entrevista por encerrada, ele disse: só?! Então, resolvi continuar. Estiquei… Ficamos uns 15 minutos conversando. Um papo que fluía naturalmente… Talvez ele tenha percebido que eu era um fã. Sei lá. Mas claro que não mencionei isso. Não podia macular minha credibilidade jornalística! Rsrs. Quando estávamos indo embora, tive coragem. Tirei os CDs da bolsa e pedi que autografasse. Ele disse: claro! É pra você? Respondi: Não, é pro meu primo, o nome dele é: Fábio! Missão cumprida.

[+] Serviço: Marcelo Camelo toca hoje (06/12), às 20h, no anfiteatro do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura. Informações: (85) 3021-7186.

[Fábio Monteiro]

Resumo: Ĉi tiuj tekstoj estas el “Playlist”, kiu estas rubriko de ĵurnalo “O Povo”, publikigita ĉiuĵaŭde kaj skribita de mi. Ĉi tiu ĵurnalo estas tre grava en mia urbo. La tekstoj ĉiam temas pri la muzika mondo.

Summary: These texts were removed from the “Playlist” column that is written by me and published every Thursday in the newspaper “O Povo” – a great newspaper in my town. The texts always talk about the music world.

Resumen: Estos textos fueron retirados del “Playlist”, que es un artículo escrito por mí y publicado todos los jueves en el periódico “O Povo” – un diario tradicional de mi ciudad. Los textos se refieren siempre al mundo de la música.

06/12/2012 at 11:46 1 comentário


Languages

Clique sobre a foto e conheça o viajante: Fábio Monteiro.

O Blog

Um blog pra quem gosta de se aventurar pelo mundo. Dicas e relatos de viagem baseados em fatos reais.

Blogo por tiuj, kiuj ŝatas riski sin tra la mondo. Konsiloj kaj rakontoj pri vojaĝoj bazitaj sur realaj okazaĵoj.

A blog for those who like to venture into the world. Tips and travel accounts based on real events.

Un blog para aquellos que gustan de aventurarse en el mundo. Consejos y relatos de viajes basados en hechos reales.

1 de junho de 2016
Hora de viajar!
Clique aqui e assista ao programa!
on Facebook.
Follow me!
Veja fotos!
On Google.

• Digite seu endereço de e-mail abaixo para assinar este blog e receber notificações de novos posts por e-mail.

• Skribu sube vian ret-adreson por aboni ĉi tiun blogon kaj ricevi avizojn pri novaj blogaĵoj per ret-adreso.

• Enter your email address below to subscribe this blog and receive notifications of new posts by email.

• Introduzca su e-mail para suscribirse a este blog y recibir notificaciones de nuevos mensajes por correo electrónico.

Junte-se a 2.477 outros seguidores

Categorias

Tópicos recentes

Instagram

Viajante no Twitter

Spektu Esperantan Televidon.
Vidu mian profilon ĉe Pasporta Servo.

Posts deste mês

dezembro 2012
D S T Q Q S S
« nov   jan »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  
Coluna Playlist - Jornal O Povo
Fabinho na TV.
Fabinho no rádio.

%d blogueiros gostam disto: